terça-feira, 13 de setembro de 2011

MIMO 2011 - Cobertura

Duo Milewski
O segundo dia da MIMO 2011, começa com a contagiante apresentação do Duo Milewski, formado pelo violinista polonês Jerzy Milewski, naturalizado brasileiro e sua esposa, a pianista brasileira Aleida Schweitzer, onde conheceu em Varsóvia. Como única apresentação da MIMO o no Convento de São Bento, em Olinda, o Duo apresentou em seu repertório músicas de compositores poloneses. Entre uma música e outra, o espirituoso Jerzy interagia com o público contando algumas curiosidades do seu meio musical e várias brincadeiras e comparações que arrancaram risos da platéia. Em uma apresentação descontraída o Duo conquistou o público que, ao final de sua apresentação, solicitaram bis quatro vezes e foram bem recompensados com as músicas brasileiras: Tico-tico no fubá, Brasileirinho, Capricho sobre Carinhoso e Santa Morena.

Trio Azymuth
No Seminário de Olinda, O Trio Azymuth, tocando para um público compenetrado e bastante diversificado, mostrou porque era uma das apresentações mais esperadas. O grupo que é formado por José Roberto Bertrami nos teclados, Alex Malheiros no baixo e Ivan Conti (Mamão) na bateria, com seu estilo rebuscado unindo o jazz, soul, rock e samba, apresentou em seu repertório músicas do seu mais recente CD, "Aurora" e alguns de seus sucessos anteriores. O Azymuth apresentou também músicas já conhecidas do público como a versão de "Águas de Março", de Tom Jobim e "What's Goin On", de Marvin Gaye, levando todos a se sentirem mais à vontade e mais próximos do grupo. Foi com imenso contentamento que o grupo se despediu tocando como BIS um grande sucesso de sua carreira, a música "Linha do Horizonte". Esta foi a segunda apresentação do grupo no Estado, sendo a primeira no FIG 2010.

Arthur Verocai
Carlos DaFé
Em seguida, sempre bem iluminada e pronta para receber mais uma apresentação, a Igreja da Sé dava espaço para o concerto do violonista, compositor, arranjador e também regente Arthur Verocai. Sua apresentação teve participações bastante especiais como a do Projeto Coisa Fina, que se apresentou na mostra dia 09/09 e da Orquestra Experimental de Câmara, onde regeu com bastante integração e perfeição. Contou também com a primorosa presença, nos vocais, de Carlos Dafé e Clarisse Grova, que fizeram um show à parte. Passeando por elementos do jazz, blues, bossa nova e chegando ao funk, Verocai entusiasmou a platéia com sua diversidade de ritmos. Em seu repertório apresentou músicas como Karina, Caboclo, O Tempo e o Vento, entre outras e finalizando com a música Na Boca do Sol - todas de sua autoria. Artur Verocai foi redescoberto por rappers americanos e se transformou em Cult ao ter “Caboclo” sampleado pelo grupo de hip hop Little Brother.

Por Milena Freitas

Fotos: Beto Figeiroa e Renato Spencer

www.flickr.com/photos/mimofestival

MR.Groove

Nenhum comentário:

Postar um comentário