quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Mundo Livre S/A - Novas Lendas da Etnia Toshi Babaa


Novas lendas da Etnia Toshi Babaa é o mais recente CD da já estabelecida Mundo Livre S/A. O álbum é resultado das ideias que a banda vem traçando em cada um dos seus oito discos. Mais próximo do Outro mundo de Manuela Rosário e do Por Pouco, cada vez mais envolvido pelas críticas à globalização sempre mantendo a linha Jorge Ben e Johnny Rotten já tão característica da banda. O som já começa com o assunto do momento, o meio ambiente, “Constelação Carinhoca”, manda um alerta sobre o aquecimento global que com a participação de B Negão juntam a mulher carioca de Jorge Ben e a conscientização. “Eu sempre achei o nosso astro rei sacana, domingo é dia dele se invocar... cantando o seu refrão, domingo eu vou inflamar em Copacabana, não tem filtro que dê jeito quando o sol tá de marcação”.

Saindo do meio ambiente pra outra questão frequente, “Se eu tivesse fé” faz críticas ácidas à alienação religiosa de que "a luz divina é capaz de lhe salvar" e aos evangélicos. “Se eu tivesse fé, só andaria de paletó e gravata, se eu tivesse fé estaria rico, viveria na mamata [...] Se eu tivesse fé no fundo, eu explodiria o mundo”. “Ela é indie” faz pareia com Wânia, Musa da Ilha e as outras tantas mulheres que inspiram a banda, só que dessa vez, ela saia da praia de Candeias.

“O velho James Browser já dizia” é um “frevo-canção-eletônico-fuleiragem” que a princípio nem parece Mundo Livre S/A, mas as cordas de náilon denunciam logo que tem Fred 04 nesse quase som do Mombojó. “A fumaça do Pajé Miti Subitxxii” traz o Pajé Miti Subitxxiii de volta para dizer o que Estela havia dito no último CD, o Combat Samba, e não perder a oportunidade de atacar novamente as multinacionais.

Novas lendas da Etnia Toshi Babaa é o primeiro disco de inéditas desde 2005, o CD mantém a veia satírica e bem humorada de Zero Quatro, com suas metáforas sexuais tecnológicas, cada vez mais criativas. O álbum é fruto desses cinco anos em que Zero Quatro esteve apenas observando e montando suas críticas aos avanços tecnológicos e seu impacto no meio ambiente que dessa vez foram amarradas pela maior diversidade de misturas sonoras já feitas pela banda.


Consuma:
http://www.mundolivresa.com/site/

Risoflora Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário